sexta-feira, 24 de junho de 2011

Visita ao Brejinho


                                                                                                     

 Brejinho


     Encontramo-nos na esquina
Um bando de moços e mocinhas
Fomos chegando de mansinho
Pois sobre o Brejinho
Queríamos nos informar.

Encontramos D.Laura
Que do Brejinho
Propôs-se a falar
Não perdemos tempo
E começamos a perguntar.

Então D.Laura
Pôs-se a contar
Das mudanças
Ocorridas
Neste lugar
Cheio de vida.

Muitos anos se passaram
E destruído,
O lugar
Antes enriquecido
Tornou-se esquecido.

A entrada depredada
Como um sonho de parque
Não se parece nada
E a população decepcionada não luta
Fica acuada.

Pois soldados
E capangas
Ameaças já fizeram
E com descaso existente
Marginais se impuseram.

O grupo se pergunta:
Brejinho,
Lugar ou não-lugar?
Só quem vive lá
Pode falar.

"Seu" Márcio diz:
O parque está
A Deus dará!
Mas alguns tem raízes
E insistem em ficar.

Morador antigo,"seu" Dodô
Muitas histórias tem a contar
De plantação e tropeiros começou a falar
De festas em Venda Nova
Não se esquivou em relatar.

 Brejinho com mata  preservada
Onde casas e prédios,
 Se levantam
Sobre as sete nascentes do Chico
E que poucas pessoas
Sabem disso.

Carla,Cheila e Karina

        

Nenhum comentário:

Postar um comentário